Easter Eggs (referências ocultas) que você simplesmente não percebeu na série Stranger Things

Easter Eggs (referências ocultas) que você simplesmente não percebeu na série Stranger Things

stranger-things-feature-pic

A nova série da da Netflix, Stranger Things, foi um sucesso imediato, com um estilo que combina o mistério e pavor provocados pela fase inicial de Stephen King com as aventuras maravilhosas dos primeiros trabalhos de Steven Spielberg. É tão profundamente enraizada na nostalgia dos filmes de ficção científica e terror das décadas de 1970 e 1980, que quase todas as cenas contém uma piscada e um aceno para alguma das muitas influências da série. Mas a história e os personagens são tão cativante que um monte de easter eggs podem ter sido completamente ignorados. Então, vamos voltar para o Mundo Invertido (Upside Down) e rastrear todos os easter eggs em referência a filmes, livros e séries que você deve ter deixado escapar.

Os Goonies

200_s

Stranger Things trabalha com referências de forma diferente de qualquer outro filme ou série de TV. Ao invés de fazer conexões diretas com cenas memoráveis ou falas famosas, a série remixa a referência e a encaixa perfeitamente em seu mundo. Um bom exemplo é quando, no final da primeira temporada, Dustin – o diverto garoto que fala alto e pertence à turma dos garotos desajustados – reencarna a cena  d’Os Goonies, quando Chunk descobre um freezer lotado de sorvete (e um corpo morto) no porão dos Fratelli. Em Stranger Things, Dustin descobre uma geladeira no refeitório da escola, cheia de potes de pudim. Até sua fala, “Mike, eu encontrei o pudim de chocolate!” é muito semelhante ao som alegre de Chunk ao pegar os potes e contar aos seus companheiros Goonies quais sabores encontrava.

A Franquia Alien

grid-cell-3497-1469182793-18

Stranger Things também está repleta de influências visuais que podem ter vindo da franquia de Alien, particularmente como o Demogorgon (nome do o monstro dado pelos meninos com base na criatura do jogo Dungeons & Dragons, que conhecemos quando eles jogavam uma campanha) é baleado e queimado. A referência mais direta, no entanto, vem no episódio final da temporada. Foi quando Joyce (Winona Ryder) vê seu filho, Jonathan, que estava sendo preso ao chão pelo Demogorgon. Ela grita: “Afaste-se dele, seu filho da p***!”, Uma referência à cena clássica de Aliens, quando Ripley, dentro de seu carregador de energia, dispara uma ordem cruel para a Rainha Alien, enquanto lentamente se aproxima da garotinha Newt: “Afaste-se dela, sua p***!”

Além disso, quando Joyce finalmente encontra seu filho Will, depois de viajar para Upside Down (O Mundo Invertido), ela e Hopper puxam uma grande criatura em forma de serpente de dentro da garganta do garoto. Este que é um dos mais indesejados convidados estava impregnando ele com suas ovas parecidas com lesmas, o que lembra os seres conhecidos como Face Huggers, da franquia Alien, aqueles que grudam no rosto das vítimas, lembram?

Alien-The_Facehugger

Chamas da Vingança, de Stephen King

CoU4bm6WEAA1y9Q

Se Charlie McGee do romance Chamas da Vingança, de Stephen King, e Onze (Eleven) de Stranger Things se encontrassem, provavelmente se tornariam amigas. Elas tinham uma grande ligação por conta de suas histórias malucas, por terem sido alvos de experiências realizadas por agentes do governo, e o fato de ambas serem meninas com poderes psíquicos que foram testados através de inúmeros experimentos e atormentadas com frequência por maliciosos cientistas do governo buscando criar armas para aumentar seu poder. Ambas têm hemorragias no nariz após usar seus poderes, e as duas são obrigadas a usar sempre eletrodos em suas cabeças para que monitorem suas atividades psíquicas. Além disso, ambos usam suas habilidades para matar todos os caras maus que estão próximos, a partir do momento que deram um basta e decidiram combater seus algozes.

Contatos Imediados de Terceiro Grau e Poltergeist

Cnfi5TYWIAEcOEb

No clássico Contatos Imediatos de Terceiro Grau, de Steven Spielberg, um pai suburbano que se torna cada vez mais obcecado por extraterrestres depois que um – você adivinhou – um contato imediato o faz  esculpir a forma de uma montanha (que se tornará importante na história mais tarde) com purê de batatas durante um jantar em família. Ele faz isso de novo mais tarde, sob a forma de uma quantidade enorme de sujeira, arbustos e grama no meio da sala de estar da família. Em Stranger Things, a obsessão de Joyce toma a forma de pendurar luzes de árvore de Natal no teto de sua casa, pensando que esta é a melhor maneira de se comunicar com Will, o que também é uma lembrança de como os cientistas do governo tentam se comunicar com os alienígenas no final de Contatos Imediatos.

Mas há um outro filme afiliado de Spielberg que também se encaixa perfeitamente nesta categoria: Poltergeist. Não só Joyce vai comprar dois bilhetes para assistir Poltergeist com seu filho, Will, como mais tarde na série, Joyce se vê capaz de se comunicar com seu filho que está em outra dimensão, através das paredes de sua casa, assim como podia fazer a família de Poltergeist.

Uma clássica (e apropriada) saga de X-Men

No primeiro episódio de Stranger Things, Dustin desafia Will para uma corrida de bicicleta na qual, se Mike ganhar, Dustin terá que abrir de uma revista em quadrinhos à escolha de Mike. Quando a corrida termina, Mike é o vencedor, e assim que ele sai da bicicleta, ele grita qual é a edição exata que ele quer: X-Men # 134. Os eventos e revelações dessa história em quadrinhos prenunciam a chegada de um personagem no mundo de Stranger Things  que irá mudar a vida de todos os personagens principais. Veja, esse número dos X-Men é aquele onde Jean Grey, a poderosa psíquica dos X-Men, torna-se a Fênix Negra, um ser cósmico com poderes psíquicos perigosas e instáveis. Essa pequena referência prediz a chegada de Onze (Eleven), uma menina que também possui algumas poderosas habilidades psíquicas.

Eles Vivem

tlst09.jpgafterthefight

Quando Steve Harrington e Jonathan brigam numa viela por causa de um grafite que insulta a honra de Nancy Wheeler, eles não estão apenas liberando as suas frustrações reprimidas com socos na cara um do outro.  Eles também estão prestando homenagem a uma das maiores cenas de luta em filmes de todos os tempos: a batalha icônica entre os titãs “Rowdy” Roddy Piper e Keith David em 1989 no clássico Eles Vivem. Dois caras sozinhos brigando duramente à exaustão por tanto tempo é algo que parece quase cômico – nada de estranho nisso.

Viagens Alucinantes

I9QdiAX

Se você é um fã da série de ficção científica Fringe, produzida por J.J. Abrams, então você já está familiarizado com a ideia de tanques de privação sensorial, como os que aparecem durante a última metade da primeira temporada de Stranger Things. Mas o que você talvez não saiba é que, com esses tanques, Fringe e Stranger Things estão fazendo referência ao clássico cult de ficção científica dos anos 1980, Viagens Alucinantes (Altered States). Tanques de privação sensorial assumem um papel de destaque no filme, como personagens usando eles (e grandes quantidades de drogas poderosas, como LSD) para expandir suas mentes e tocar em áreas da existência e da consciência como ninguém poderia ter imaginado. Você sabe, da mesma forma como Onze usa tanques de privação sensorial para amplificar seus poderes psíquicos, para poder fazer contato com o Mundo Invertido.

Muitas referências de E.T.

netflix-stranger-things-trailer

Há a cena em que Mike tenta esconder Onze em seu quarto, da mesma forma que Elliott tenta esconder o E.T. de sua mãe. Há também a cena em que os rapazes tentam disfarçar Onze com um vestido e uma peruca loira, da mesma forma que Elliott tenta disfarçar E.T. Há a cena quando Onze fica fascinada por um comercial de Coca-Cola na TV enquanto explora a casa de Mike, e que, por coincidência, é o mesmo comercial que o E.T. assiste enquanto explora a casa de Elliot. E, claro, há a maior referência de todas elas: quando a turma tenta fugir de agentes do governo pedalando suas bicicletas, Onze usa seus poderes para levantar uma van dos capangas do governo que se aproximam, permitindo que os garotos fujam. Em E.T., Elliott e os outros meninos do grupo sobrevoam um bloqueio da polícia, quando  E.T. usa seus poderes para levitar a galera em segurança, em um dos momentos mais emblemáticos da história do cinema.

Twin Peaks

CopyK05WgAE_bfb

Na perturbadora cena final da temporada, Will se desculpa na hora do jantar para ir ao banheiro, onde vomita uma assustadora lesma de outro mundo. Sua realidade desaparece num instante e ele entra no Mundo Invertido por um curto momento- o assustador mundo alternativo onde ele ficou preso em toda a temporada – e então ele olha para si mesmo no espelho em cima da pia do banheiro. A implicação aqui é que o sofrimento pode ter acabado, mas ele levou um pouco daquilo tudo de volta com ele. Esta é uma referência direta à parte final da bizarra obra-prima da série Twin Peaks, de David Lynch, quando o agente Dale Cooper bate a cabeça em um espelho do banheiro e dá uma gargalhada sinistra. O horror e trauma da morte de Laura Palmer, e a investigação dele a partir disso, tinham envenenado a sanidade de Lynch.

Fonte: Looper.com (adaptado)