O Universo DC enfrenta um exército de ‘Batmans’ malignos, com crossovers e conexões do evento ‘Dark Nights: Metal’

Cada versão malvada de Batman da linha ‘Dark Knights: Metal’ terá uma relação íntima com outros grandes personagens da DC.

As versões malignas do Cavaleiro das Trevas estão chegando para aterrorizar a Terra em setembro. Enquanto isso, a DC Comics provocava os fãs com detalhes antecipados sobre uma série de sete quadrinhos lançados ao mesmo tempo, que se encaixam no próximo evento Dark Nights: Metal. Cada história, contada completamente em cada edição, revela uma versão diferente e corrompida do Batman gerada no Multiverso Sombrio (Dark Multiverse),  para causar destruição à Terra.

“Com nomes como The Red Death (A Morte Vermelha), The Murder Machine (A Máquina de Matar), The Dawnbreaker (O Nascer do Sol), The Drowned (O Afogado), The Merciless (O Impiedoso), The Devastator (O Devastador) e The Batman Who Laughs (O Batman Que Ri), está bem claro que essas criaturas devem ser levadas a sério e provam o quão perigoso é o Multiverso Sombrio para os heróis da DC”, disse Patrick McCallum, editor executivo da DC Entertainment.

Se um Batman ‘bom’ já é chamado de “Cavaleiro das Trevas” com motivo, imaginem as versões sombrias desse icônico herói da DC!

O terror começa em 20 de setembro com Batman: The Red Death # 1, de Joshua Williamson (escritor) Carmine Di Giandomenico (artista), seguido por Batman: The Murder Machine # 1, escrito por Frank Tieri, com arte de Ricardo Federici em 27 de setembro. O escritor Sam Humphries e o artista Ethan Van Sciver se unirão para Batman: The Dawnbreaker # 1, à venda em 4 de outubro. Dan Abnett e o artista Philip Tan se unem em Batman: The Drowned # 1, com lançamento em 18 de outubro. O mês fecha com Peter J. Tomasi e Francis Manapul em Batman: The Merciless # 1, à venda em 25 de outubro.

Esses nomes soam bastante suspeitos, especialmente quando unidos com as equipes criativas envolvidas: Williamson e Di Giandomenico trabalham em The Flash. Logo, “Red Death” é um nome interessante para sua versão do “Batman do mal”. Tomasi escreve Superman enquanto Manapul desenha Trinity. Assim, o nome “The Merciless” é interessante a partir dessa perspectiva. “The Drowned” vem de uma equipe criativa de Aquaman, enquanto “The Dawnbreaker” vem de caras associados ao Lanterna Verde – interessante porque a origem de Lanterna Verde pós-Crise foi chamada de Emerald Dawn (O Amanhecer ou O Despertar Esmeralda) e muitas das histórias do Lanterna incluem metáforas sobre a luz em seus títulos.

Dos sete principais membros da Liga da Justiça, deve-se perguntar se a edição de Tieri e Federici, “The Murder Machine”, será algum tipo de referência ao Ciborgue. Isso deixaria apenas a Mulher Maravilha sem representação…mas seria difícil torná-la um “Batman”, então talvez esteja de fora apenas por conveniência.

Dark Knights: Metal é um evento grandioso, que ameaçará todo o Universo DC, e terá conexões com os maiores personagens da editora, em vários multiversos.

Novembro possui dois títulos adicionais com histórias completas. São elas Batman: The Devastator # 1 (à venda em 1 de novembro) e The Batman Who Laughs # ​​1 (em 15 de novembro).

A presença desses personagens malignos infecta alguns dos super vilões mais mortíferos da DC, que estão prontos para derrubar Gotham City de uma vez por todas. Os heróis mais valentes da DC não estão se importando com ninguém e estão prontos para lutar pela alma da própria cidade em “Gotham Resistance”, uma série de histórias crossover começando com Teen Titans # 12, escrita por Benjamin Percy com arte de Mirka Andolfo (à venda em setembro 13), Nightwing # 29 de Tim Seeley e Paul Pelletier (à venda em 20 de setembro) e Suicide Squad # 26 por Rob Williams e Stjepan Sejic (à venda em 27 de setembro).

“Com a combinação de um evento de quadrinhos dirigido por dois dos criadores mais talentosos da história dos quadrinhos, uma legião de ‘Batmans’ malígnos e títulos cruzados (crossover), que mostram o quanto esse evento afeta profundamente o Universo DC, os fãs saberão agora mais do que nunca que Dark Nights: Metal é algo que não podem perder”, disse McCallum.

Cada edição de BATMAN terá uma história completa, custará 3.99 dólares, e virá com uma capa especialmente estampada e com um revestimento com protetor UV. Terá a arte do criador favorito dos fãs, Jason Fabok (Justice League: Darkseid War, Suicide Squad: The Black Vault, Batman Eternal). A edição nº 1 de Dark Nights: Metal chega às bancas e lojas digitais na quarta-feira, 16 de agosto.

Fonte: Comicbook (adaptado)