Batman se torna o Juiz Dredd em mundo distópico da DC Comic

O distópico mundo de Gotham City Garage é severo, e inclui um Cavaleiro das Trevas como você nunca viu antes.

Com base na linha de estátuas colecionáveis da DC (a linha DC Collectibles), Gotham City Garage se passa em uma paisagem árida, exceto pela cidade de Utopia criada por Lex Luthor. É também o lar de Batman, mas, como os escritores Jackson Lanzing e Colin Kelly revelaram ao ScreenRant, este Batman tem mais em comum com o Juiz Dredd do que com aquele herói que você já conhece.

Lanzing explicou como surgiu a ideia, incluindo o que fez focar o Batman.

O mundo basicamente se estabeleceu no lugar quando percebemos que, em vez de tentar dizer … não é um Elseworld (nome dado a publicações da DC com os personagens comuns, em mundos paralelos). Encontramos um ponto de bifurcação. Então, trinta anos de volta para a história do Universo DC, algo fundamental mudou – algo que chamamos de The Dark Age (Idade das Trevas). E isso essencialmente eliminou o mundo. Destruiu todas as cidades e deixou apenas uma: Gotham. E é ali que Luthor constrói sua super cidade com aquilo que ele chama de The Garden (O Jardim).

A falta de uma pessoa em particular mudou drasticamente o mundo de Batman, e Lanzing acrescenta: “Este é um universo onde o Superman nunca existiu. Onde a única iteração de Batman que esse universo conhece é, essencialmente, um personagem do Juiz Dredd em The Garden … trabalhando para Luthor”.

Batman é produto do meio, ou o meio é produto do Batman? Essa história distópica tenta dissecar o personagem para descobrir a resposta.

É certamente um movimento ousado para um personagem icônico, e, claro, vai provocar comparações com a forma como a Marvel está tratando o Capitão América recentemente. Enquanto Lanzing quer que os fãs saibam que a intenção é honrar esses heróis e o que eles defendem, ele também os prepara para choques maiores que estão por vir.

“Por favor, deixe acontecer! Se você acha que é heresia, aguarde o restante do livro”, disse Lanzing. “Uma grande parte do ponto deste livro é que estamos tentando assumir os principais pressupostos que você conhece sobre o Universo DC, e, em geral, estamos tentando dizer: ‘Ok, digamos que você tire esses pressupostos. De onde vêm os heróis? Quem se torna heroico e por quê?’ “

Para os criadores, trata-se de eliminar as suposições e desmontar esses heróis até sua essência, descobrindo o que acontece quando você tenta reconstruí-los de uma maneira diferente.

Quando nos deparamos com o Morcego, ele é uma força da natureza, ele é algo a ser temido, a ser evitado, ele é a escuridão e a sombra que leva você à justiça. E o que estou descrevendo? Eu estou descrevendo Batman, só que as leis às quais ele se apoia não são as leis que entendemos como “boas” leis. Então, ao longo do tempo, se Bruce Wayne começa ou não a reconhecer do que ele se tornou parte – essa é uma ótima pergunta para nós. Ele ainda é um bom homem lá? Vamos ver, certo? Não estamos tentando mudar a essência do personagem, estamos tentando tirar os pressupostos para que possamos chegar à essência do personagem.

Batman não será o único personagem a ser reprocessado. Seu maior inimigo, o Coringa, está passando por uma transformação para se tornar um super fã da Harley Quinn, que é muito mais uma anti-heroína nesta história. Embora pareça ser bem diferente, deve ser imensamente divertido.

Coringa fanático por Harley Quinn? E a vilã agora é uma anti-heroína? O que esperar dessa fórmula?

Gotham City Garage n. 1 será escrito por Collin Kelly e Jackson Lanzing, com arte de Brian Ching. Confira a descrição oficial abaixo.

Uma nova série inspirada na linha de estátuas Colecionáveis DC! Há décadas que o governador, Lex Luthor, transformou Gotham City em uma utopia moderna, salvando seu povo da devastação que fez do resto do continente uma terra desolada. Mas sua cidade não é um paraíso para todos. Se a rede Lexes falhar, e um cidadão resolver sair da linha, o Morcego e seus servos são brutais ao restaurar a situação para sua normalidade. Então, quando a jovem Kara Gordon, cuja tecnologia de passeio nunca funcionou perfeitamente, corre de forma precipitada dentro do Freescape e fica chocada ao encontrar Gotham City Garage – onde novos amigos podem se tornar sua família, se ela viver o suficiente.

Fonte: Comicbook (adaptado)

Be the first to comment

Deixe uma resposta