O filme Call of Duty terá provavelmente o diretor de Sicario 2

O próximo filme baseado na popular franquia de jogos Call of Duty provavelmente encontrou seu líder.

Fontes informaram à Variety que o diretor de Sicario 2: Soldado, Stefano Sollima, está em negociações para dirigir o filme que está atualmente em desenvolvimento. A Activision Blizzard ainda não confirmou a informação.

Embora os detalhes do enredo ainda sejam secretos, acredita-se que o filme será definido no presente. No entanto, durante uma entrevista no The Guardian ano passado, os presidentes da Activision Blizzard Studios, Stacey Sher e Nick van Dyk, disseram que estão planejando construir um universo de filmes que trabalhará com as diferentes épocas abordadas na franquia ao invés de usar enredos dos games. A ideia é criar um universo cinematográfico como o Universo Cinematográfico Marvel (MCU, sigla em inglês) e o Universo Estendido da DC Comics (sigla original DCEU).

“Criamos o enredo de muitos anos”, disse Sher (via Collider). “Nós reunimos esse grupo de escritores para falar sobre onde estamos indo. Haverá um filme que se parece mais como Black Ops, a história por trás da história. A série Modern Warfare analisa o que é lutar numa guerra com os olhos do mundo voltados para você. E, em seguida, talvez algo que seja mais um híbrido, onde você está olhando para operações privadas,  secretas, enquanto uma operação pública está acontecendo”.

O escritor do filme Snowden, Kieran Fitzgerald, escreveu o roteiro do primeiro filme Call of Duty, e ele desenvolverá o projeto com Sollima. O filme ainda não possui um distribuidor.

Sollima chegou à fama como o principal diretor da popular série criminal Gomorra, baseada no filme de 2008. Os produtores de Sicario 2 o fixaram para assumir essa franquia depois que o diretor Denis Villeneuve saiu para fazer o Blade Runner 2049.

Enquanto isso, Sicario 2: Soldado deverá estrear em 29 de junho com o retorno das estrelas Benicio del Toro e Josh Brolin.

Fonte: Looper (adaptado)

4 Comentários

    • Pois é Bruno. O mundo dos games tem muita coisa a ser explorada. A dúvida é como vai ser o enredo. Espero que peguem a essência do game, e não cometam os mesmos erros das adaptações de Resident Evil.

      • Resident Evil é um filme que eu gosto, mas sem sombras de dúvidas o filme perdeu o foco. Mas Resident foi um dos filmes sobre games que fez a indústria cinematográfica crescer os olhos nesse segmento. Entendo que se forem lançar filmes sobre Gears, Halo e Call of Duty, o roteiro deve ser bem definido afinal se trata de jogos com uma base fãs muito grande e franquias valiosas. Call of Duty no meu ponto de vista abre um leque maior para possíveis adaptações, visto que o jogo não segue uma sequência histórica e cronológica na maioria dos títulos.

        • Verdade que Resident Evil foi uma grande ajuda pra esse até então novo mercado. No caso de Call of Duty, vai ser bem interessante a intenção de criarem um universo próprio pra uma franquia, a exemplo do Universo Cinematográfico Marvel e Universo Estendido DC. Alias, o que tem de games com backgrounds fantásticos, não é brincadeira.

Deixe uma resposta