Esses filmes não existiriam se os vilões fossem espertos

Você poderia pensar que vilões se organizam bem para pôr suas ideias em prática. Em vez disso, algumas  vezes nos deparamos com vilões que se desviam dentro dos clichês, com agendas excessivamente complexas, e que terminam as histórias sendo derrotados. Vilões de filmes estão constantemente negligenciando alguma coisa, subestimando o protagonista ou simplesmente se colocando em situações ridículas, porque eles não agiram de maneira inteligente (estamos olhando para você, Boba Fett). Na verdade, alguns filmes não existiriam se os seus vilões tivessem tomado decisões melhores. Sem mais enrolações, aqui estão alguns filmes que não existiriam se os antagonistas tivessem um pouco mais de cérebro.

Esqueceram de Mim (1990)

esqueceramdemim

Harry e Marv de longe não são a dupla mais brilhante que existe. O filme inteiro gira em torno deles sendo enganados por um menino pré-adolescente. Uma criança. Em Esqueceram de Mim (Home Alone), os dois são incendiados, têm suas cabeças quebradas por tijolos, são assustados com fogos de artifício, queimados por maçanetas quentes, e muito mais. Mas Harry e Marv são supostamente criminosos durões, e são capazes de vagar pelas ruas por meses sem ser capturados. De alguma forma, eles não podem derrotar um menino de oito anos de idade, que está em casa … sozinho. A coisa mais inteligente a fazer seria simplesmente entrar na casa enquanto o jovem Kevin McCallister estivesse dormindo, usar um pouco de fita adesiva e depois saquear a casa.

Branca de Neve e os Sete Anões (1937)

branca-de-neve5.jpg

Como parte de seu plano para matar a jovem Branca de Neve, a rainha má cria uma maçã envenenada que deixará a jovem princesa em coma até que ela seja despertada pelo “primeiro beijo de amor”. É claro que, na verdade, matar Branca de Neve não seria muito estilo Disney, mas a verdade é que a trama da Rainha para matar a princesa não é muito sólida. Ela usa um veneno com todos esses efeitos colaterais e condições, em vez de apenas usar um veneno normal que poderia, você sabe, matá-la.

Blade (1998)

Sd_lamagra

A gente se lembra do ridículo plano de Deacon Frost para acabar com toda a existência humana, transformando-a em vampiros, no primeiro filme da trilogia Blade. Mas isso simplesmente não faz sentido. Frost iria acabar com toda a oferta de alimentos para os vampiros, não deixando uma única fonte alimentar para garantir a continuidade da espécie. É muito claro nas cenas iniciais do filme que os vampiros precisam de sangue humano para viver. Assim, com a tentativa de Frost de transformar toda a raça humana em vampiros, ele também está condenando seus colegas vampiros a passarem fome.

Todos os filmes da saga Harry Potter (2001-2011)

CbgLVqlW0AMErUT

Claro, Voldemort parece ser aterrorizante, mas ele certamente não é o vilão mais inteligente que existe. Quantas vezes Voldemort teve o jovem Harry Potter em suas garras e simplesmente não conseguiu puxar o gatilho? No cemitério, Voldemort tinha Potter preso, sozinho e pronto para morrer, mas ele não mata o jovem bruxo. Claro, sua mente excessivamente centrada em um plano desnecessariamente complexo e rigoroso para destruir Potter acaba por levar o Bruxo das Trevas à morte.

Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)

maxresdefault

A única razão da existência de Bane no blockbuster O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises) é destruir Gotham City por qualquer meio possível, cumprindo a missão de Ra’s al Ghul. Mas, em vez de ameaçar o bombardeio da cidade e  assim desencadear uma série de eventos que resultaram em sua derrota, por que Bane não, bem, bombardeou Gotham? Em vez disso, ele desnecessariamente elabora um plano complicado – um plano maldoso, diga-se de passagem – de artrair todos os policiais para os esgotos, libertar todos os prisioneiros da Penitenciária Blackgate, e derrubar a Bolsa de Valores de Gotham e os bancos de Gotham. Não seria mais eficiente se simplesmente usasse aquela bomba nuclear para destruir Gotham, em primeiro lugar?

Matrix (1999)

hqdefault (1)

O Agente Smith deveria ter trazido uma centena de versões dele para o primeiro filme de Matrix, e assim acabar com Neo antes que Neo pudesse ter a chance de matá-lo. Ele tinha esse poder todo, certo? Não há nada nos filmes da trilogia sugerindo que em determinado momento, de repente, ele ganhou essa capacidade. Em vez disso, fomos arrastados (enrolados) por três filmes. Para um programa de computador super-inteligente, Smith está mais para um idiota.

O Mágico de Oz (1939)

hqdefault (2)

Mesmo que a Bruxa Malvada do Oeste se derreta com um esguicho de água, por algum motivo, ela ainda assim mantem um balde do líquido tóxico em sua casa. Isso não é inteligente. Se ela tivesse o bom senso de manter a água, que poderia matar ela, longe do alcance fácil de qualquer um, a vilã teria se mantido viva. Em vez disso, ela se derrete, como um boneco de manequim.

Publicado originalmente no limboreverso.blogspot.com, do mesmo autor e tradutor

Traduzido do site Looper.com