Diretor de Rogue One diz que filmar cenas de Darth Vader o deixou com medo

Quem não teria medo de um dos mais sinistros Lordes Sith que já existiram? Até o diretor Gareth Edwards, de Rogue One: Uma História Star Wars, admitiu que a reputação de Darth Vader o precede, e dirigir o personagem em 2016 foi suficiente para deixá-lo nervoso.

Durante uma sessão de AMA (Ask Me Anything, ou “Me Pergunte Qualquer Coisa”) no Reddit, Edwards falou sobre as emoções inesperadas que sentiu durante as cenas de Darth Vader em Rogue One. Embora soubesse que os homens por trás da máscara (o ator Spencer Wilding e o dublê Daniel Naprous) não eram realmente ameaçadores, isso ainda não impediu Edwards de ficar um pouco balançado enquanto dirigia o super-vilão de Star Wars.

“Você meio que fica nervoso.” Edwards afirmou. “Mesmo que você saiba que é um ator que está ali dentro, uma vez que o capacete é colocado, ali é Darth!”

Essa experiência tensa afetou a abordagem e técnica de Edwards durante os momentos que teve com Vader. Edwards confessou que ele evitou corrigir o personagem, e até mencionou que às vezes se sentia intimidado.

“Por mais estranho que pareça, é realmente difícil dizer a ele o que fazer, ninguém diz ao Darth [Vader] o que fazer. Então você acha que tem que conversar com o ator e acertar tudo antes que ele coloque o capacete”, disse Edwards. “Uma vez que ele está no personagem, Darth está no comando, e se você errar o tiro, ele não irá te perdoar”.

Em última análise, Edwards foi capaz de enfrentar as cenas com Darth e apresentar um produto final que deixou muitos fãs felizes. Darth Vader ainda tem “muita lenha pra queimar” além de Rogue One, como a futura revista em quadrinhos que irá explorar sua origem, pela editora Marvel.

Fonte: Looper (traduzido com adaptações)

2 Comentários

    • Eu fui escrevendo a matéria e rindo, imaginando o medo que ele sentiu (e eu tb sentiria kk). Depois do “gravando!”, o diretor n interrompia Vader kkkk

Comments are closed.